Burnout – O que é e como pode ser tratado

Muitos de nós estão familiarizados com o chamado burnout, ainda que muito associado a altos executivos e profissionais de saúde. A realidade, no entanto, mostra que o burnout pode atingir qualquer um de nós e são cada vez mais as pessoas que sofrem deste síndrome.

O burnout é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma sensação de exaustão física e emocional causada pela exposição prolongada a stress no local de trabalho, que origina exaustão física, sensação de incapacidade em lidar com as situações, baixa produtividade e com consequências na saúde.

Um dos maiores desafios que cerca o burnout é o estigma associado, principalmente em ambientes de trabalho onde impera a pressão sobre resultados. Em resultado, as relações laborais degradam-se, o nível de stress aumenta e o absentismo acaba por afetar a produtividade e, claro, os resultados.

Persiste a crença de que o auto-cuidado é sinal de fraqueza. Vivemos numa sociedade que não admite o fracasso. Onde persiste a crença de que apenas o mais forte sobrevive. Só que a realidade é outra. E a ciência tem vindo a demonstrar isso mesmo. A sobrevivência está, isso sim, na cooperação.

Com a pandemia, o home office tornou-se uma realidade para muitos profissionais, que passaram a trabalhar mais horas e com maior pressão para mostrar resultados. Ora, quando a situação se agrava, a depressão e ansiedade começam a apoderar-se, verificam-se alterações de comportamento e surgem múltiplas doenças físicas causas pelo stress crónico não tratado.

Como tratar o burnout sem medicamentos

Do que tenho observado nos meus clientes enquanto Life Coach e consultora, as Barras de Access® são uma das técnicas de cura quântica com melhores resultados:

  • Diminuição do stress;
  • Diminuição da conversa mental;
  • Diminuição dos padrões de pensamentos negativos e limitantes;
  • Redução de sobrecarga;
  • Melhora do bem-estar geral;
  • Facilidade em dormir;
  • Relaxamento profundo;
  • Sentiments crescentes de felicidade e gratidão.

Claro que os resultados são mais ou menos rápidos dependendo de pessoa para pessoa, de sessão para sessão. Ao tocar suavemente nos pontos das Barras de Access® na cabeça, as ondas cerebrais ficam mais lentas. Alteram-se do estado delta (modo de atenção) para alfa e theta (modo relaxamento). Verifica-se ainda uma coerência cerebral, que optimiza o desempenho do cérebro, aumenta a capacidade de concentração e melhora a estabilidade emocional.

Vários estudos científicos demonstram que uma sessão de Barras de Access® (entre 50m e 90m) podem produzir resultados significativos em casos de depressão e ansiedade. 

A Desprogramação Neurobiológica® (DNB) é uma outra técnica que recomendo aos meus clientes, quando estamos a lidar com burnout, pois permite libertar os seus impactos do corpo. Situações de exposição prolongada ao stress originam uma produção elevada de hormonas, como a adrenalina e cortisol. As nossas células absorvem estas substâncias químicas, dando origem a múltiplas doenças físicas, tais como problemas gastrointestinais, enxaquecas, tensão arterial elevada, problemas cardiovasculares, entre muitas outras. Com a DNB, as células regressam ao seu estado original e o organismo recupera o seu equilíbrio.

Se desconfia que está a entrar numa situação de burnout ou se identifica alguns sintomas, procure ajuda. Procurar ajuda é um ato de coragem. Auto-cuidado é um ato de amor próprio. Ao estar bem consigo mesmo, estará com os outros. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s